Página inicial

Notícias Navegar com Ícones

Aguarde, carregando...

Acesso a informação   Ouvidoria   Carta de Serviços ao Cidadão
    Alto Contraste  Instagram   Facebook
200 Anos


Secretaria de Esporte realiza desafios de aptidão física

18/02/2021

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer de São Sebastião do Paraíso está promovendo, pela primeira vez, um desafio de aptidão física com os atletas das escolinhas esportivas. A atividade denominada “Desafio de Aptidão Física” (Dafi), é coordenada pelos técnicos de esporte para fomentar e avaliar a condição física atual dos alunos das escolinhas que, devido à pandemia, tiveram suas atividades paralisadas.

“A ideia é promover um desafio para envolver estes atletas com o esporte e saúde, avaliando as condições fisiológicas atuais, já que os testes aplicados no desafio estão relacionados com a saúde e o desempenho esportivo, oferecendo parâmetros para que os técnicos planejem o retorno das aulas”, explicou o secretário municipal de Esporte, Daniel Duarte Naves.

A pandemia do coronavírus vem trazendo danos à saúde — tanto na parte física quanto na psicológica das crianças e adolescentes. Com a bateria de testes do protocolo Projeto Esporte Brasil (Proesp-BR), os técnicos levantarão dados relevantes dos atletas e terão noção do impacto da pandemia que vem prejudicando este público, pois os mesmos estão afastados de sua rotina escolar e atividades esportivas.

Para os técnicos, este é um trabalho sério, no qual eles podem focar em quais capacidades físicas seus atletas devem melhorar. O protocolo avalia a aptidão cardiorrespiratória, flexibilidade, resistência muscular localizada, força explosiva de membros superiores e inferiores, agilidade e velocidade.  Os participantes receberão um certificado de participação e também serão premiados de acordo com suas categorias e classificações.

Estão participando deste desafio os atletas das escolinhas esportivas do judô, voleibol, futsal, handebol, ginástica rítmica e natação. “Recebemos, aproximadamente, 180 inscrições para o desafio, lembrando que, a participação não é obrigatória”, explicou o chefe de departamento, Olavo Martins Júnior. A Secretaria deixou à disposição dos atletas a realização do teste, mediante autorização dos pais ou responsáveis. Hoje as escolinhas esportivas atendem aproximadamente 700 crianças e adolescentes no município. “Essa ação só engrandece e mostra a qualidade dos nossos técnicos esportivos e a preocupação com bem-estar dos alunos/atletas”, finalizou Olavo.