Página inicial

Notícias Navegar com Ícones

Aguarde, carregando...

    Alto Contraste  Instagram   Facebook
Institucional 4

Santa Casa tem novo interventor

01/08/2019

O prefeito Walker Américo Oliveira alterou o decreto municipal nº 5415, que foi publicado nesta quinta-feira, 1º, no Diário Oficial dos Municípios e nomeou como interventor do hospital da Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, Fernando Montans Alvarenga que, até então ocupava o cargo de membro da comissão interventora da instituição.

A medida aconteceu depois que, no último dia 10, o prefeito Walker recebeu solicitação dos secretários de Saúde dos municípios de Itamogi, Jacuí, Monte Santo de Minas, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino, pedindo a imediata substituição do interventor/administrador da Santa Casa, ameaçando retirada do recurso que lhes é de direito para outro município/prestador para que seus pacientes fossem atendidos, caso não fossem tomadas as medidas solicitadas.

No decreto publicado no Diário Oficial, o atual secretário municipal de Planejamento e Gestão, Pedro Ivo Vasconcelos Júnior, foi nomeado para o cargo na Santa Casa. No entanto, a alteração do interventor por pessoa não integrante daqueles que possuem gerência administrativa junto à instituição Santa Casa, poderia gerar um impasse burocrático até a adequação dos serviços internos, como financeiro, gerencial, entre outros.

A fim de evitar tais problemas administrativos, o prefeito, em comum acordo com os representantes dos municípios da microrregião, decidiu nomear o membro da comissão interventora, Fernando Alvarenga para o cargo, uma vez que ele já participa do grupo e assina os cheques da Santa Casa. Também ficou acordado e aprovado entre eles que serão indicados nomes a fim de intermediar quaisquer assuntos administrativos junto aos municípios.

Na qualidade de autor da intervenção da Santa Casa, o prefeito Walker, preocupado com a situação apontada e no intuito de encontrar o melhor caminho para atender os municípios em suas demandas e também não deixar a Santa Casa desassistida entendeu por bem tomar tais medidas avalizadas pelos prefeitos das cidades que compõem a microrregião, através de seus secretários. "O nosso objetivo é evitar o remanejamento de recursos dos municípios da região para outros hospitais e impedir uma desassistência da saúde junto à microrregião", concluiu o prefeito.